Radares de trânsito geram €9,3 milhões em multas

21-03-2024

    Receitas de Multas de Radares de Trânsito Ultrapassam 9 Milhões de Euros

    Os radares de trânsito têm sido uma fonte significativa de receita para o estado, conforme revelado em dados apresentados por deputados durante a reunião da comissão de transportes na quinta-feira. Entre 1 de janeiro de 2022 e 14 de março de 2024, as multas resultantes de infracções capturadas por câmeras totalizaram impressionantes €9.329.369.

    Numa análise mais detalhada do período em questão, registou-se um total de 323.176 infracções de trânsito, com multas emitidas para 320.447 delas. Deste número, 147.188 já foram pagas, enquanto 149.094 ainda estão pendentes de pagamento e 24.165 estão sendo contestadas em tribunal.

    Um representante da polícia presente na reunião informou que os motoristas que ainda não regularizaram suas multas podem fazê-lo sem necessidade de litígio, o que poderia acarretar custos significativamente maiores. A maioria das multas, num total de 244.665, foi emitida por excesso de velocidade, seguida por infrações relacionadas com semáforos, num total de 38.726.

    Os dados também mostraram que 137.838 violações foram registadas por câmeras fixas, enquanto outras 202.172 foram capturadas por câmeras móveis. Os deputados concordaram que existem lacunas e omissões tanto na operação do sistema de detecção de violações quanto no funcionamento das câmeras móveis de controle de limite de velocidade.

    Os membros do parlamento expressaram preocupação com a operação atual dos radares, vendo-os mais como uma ferramenta para coleta de multas do que como um meio de dissuadir as infrações ao código de trânsito. Fotini Tsiridou, do partido Disy, destacou a necessidade de propostas legislativas alternativas, apontando a falta de uma abordagem abrangente do governo para resolver as questões atuais.

    Prodromos Alambritis, também do Disy, reconheceu a eficácia do sistema mas ressaltou a necessidade de ajustes. Kostas Kostas, do Akel, observou que as carrinhas equipadas com câmeras móveis frequentemente não possuem sinais de aviso, sugerindo uma abordagem focada principalmente na geração de receita. Valentinos Fakontis, do mesmo partido, ecoou esse sentimento, afirmando que “o sistema de violação de trânsito deve visar prevenir e reduzir os acidentes rodoviários” e lamentou que “infelizmente, tornou-se uma ferramenta geradora de receita nas mãos do estado, agindo como uma armadilha para os motoristas”.

    infracções de trânsito

    Qual foi o número total de infracções de trânsito detetadas pelas câmaras fixas e móveis entre 1 de janeiro de 2022 e 14 de março de 2024?

    Send a request and get a free consultation:
    Thanks for the apply!
    We will get back to you within 1 business day
    In the meantime, you can get a free consultation from our AI assistant:​